Navigation – Plan du site
Resenhas

La planète financière

O mundo financeiro
The financial world
Confins
Référence(s) :

Laurent Carroué, La planète financière. Capital, pouvoirs, espace et territoires, Capital, pouvoirs, espace et territoires, collection U, Armand Colin, Paris, 2015, 256 pages, ISBN : 978-2-200-60129-4;

Texte intégral

1Laurent Carroué se especializou em geografia econômica e industrial, ele diretor de pesquisas do Instituto Francês de Geopolítica (IFG) de Paris VIII e foi perito do “Grupo de análise da globalização” do Centro de Análise Estratégica do Ministère des Affaires Étrangères;

2De acordo com ele,

“Se a crise económica e financeira permeia as notícias diárias e nos debates, a geografia do sistema financeiro mundial e de seus territórios são ainda pouco estudadas, enquanto a globalização é, por essência, um fenômeno geográfico”.

3O objetivo deste livro é, portanto, de fornecer um verdadeiro conhecimento dos processos e atores atuando nas economias e sociedades contemporâneas, e de ser uma “caixa de ferramentas” conceituais e metodológicas para a geografia, visto que longe de ser “desterritorializado” o sistema financeiro está bastante arraigada no espaço social, cultural, econômico e geopolítico da organização global.

4O capítulo 1 examina a geografia da produção e a circulação de riqueza. Usando uma abordagem sistêmica, ele articula continuamente as lógicas da malha dos territórios (produção e mobilização de riqueza) e das redes (coleta e circulação de riquezas) e em todas as escalas geográficas. Ele também destaca a importância do antimundo do crime organizado para que o qual a lavagem do dinheiro é uma questão vital.

5O capítulo 2 centra-se na análise da crise aberta em 2006-2007, o pior terremoto económico e financeiro desde 1929. Em uma abordagem geo-histórica, ele retrata a criação do novo regime de acumulação financeira, que apareceu a partir de 1980, como uma construção tanto geo-econômica como geopolítica estruturado amplamente o conjunto de dinâmicas contemporâneas do mundo financeiro. Definindo um novo estágio histórico da globalização, resulta em uma explosão dosestoques e dos fluxos de capitais dentro de uma lógica cada vez mais especulativa e rentista que incorpora potencialmente todas as atividades econômicas e humanas no planeta. O capítulo examina em seguida a crise sistêmica e o colapso do sistema.

6O capítulo 3 tem por objetivo de analisar a respectiva importância, o papel e as estratégias dos atores (bancos, seguros, fundos, shadow banking...) que organizam do mundo financeiro e de dissecar o desafions econômicos, sociais, territoriais e geopolíticos. Ele estudou especificamente a componente geográfica dos principais mercados (moedas, ações, dívidas, commodities).

7O capítulo 4 aborda especificamente a questão dos territórios do mundo financeiro, articulando malhas, clusters, nós e networking. Analisa, especialmente, em um estudo detalhado, ds principais mercados financeiros e termina com a importância que deve ser dada aos paraísos fiscais.

8Finalmente, o capítulo 5 trata especificamente das principais questões políticas e geopolíticas suscitadas pela crise e a a busca atual para uma saida de crise. Neste contexto, é necessário analisar primeiro as convulsões das relações de força de poder mundial a partir do surgimento de novos jogadores, os principais países emergentes. Enquanto a nova arquitetura do mundo financeiro é significativamente mais polinuclear e mais policêntrico, o livro conclui com uma análise dos desafios lançado pelas necessária revisão da governança global e a essencial aprovação de nova regulações internacionais.

As principais cidades financeiras do mundo

As principais cidades financeiras do mundo

Total cumulado dos ativos financeiros dos 220 maiores bancos e companhias de seguros no mundo gerido pela cidade sede. O mapa mostra uma forma de policentrismo com os três pólos brasileiros, a Índia e a China.

L. Carroué 2015

Haut de page

Table des illustrations

Titre As principais cidades financeiras do mundo
Légende Total cumulado dos ativos financeiros dos 220 maiores bancos e companhias de seguros no mundo gerido pela cidade sede. O mapa mostra uma forma de policentrismo com os três pólos brasileiros, a Índia e a China.
Crédits L. Carroué 2015
URL http://confins.revues.org/docannexe/image/10187/img-1.png
Fichier image/png, 452k
Haut de page

Pour citer cet article

Référence électronique

Confins, « La planète financière », Confins [En ligne], 23 | 2015, mis en ligne le 10 mars 2015, consulté le 25 avril 2017. URL : http://confins.revues.org/10187

Haut de page

Auteur

Confins

Articles du même auteur

Haut de page

Droits d’auteur

Licence Creative Commons
Confins – Revue franco-brésilienne de géographie est mis à disposition selon les termes de la licence Creative Commons Attribution - Pas d’Utilisation Commerciale - Partage dans les Mêmes Conditions 4.0 International.

Haut de page
  • Logo Revue soutenue par l’Institut des sciences humaines et sociales du CNRS
  • Logo DOAJ - Directory of Open Access Journals
  • Logo Index Latindex
  • Logo IHEAL (Institut des Hautes Études de l'Amérique Latine)
  • Logo CREDA (Centre de recherche et de Documentation sur les Amériques)
  • Logo USP (Universidade de São Paulo)
  • Revues.org