Navigation – Plan du site
Imagens comentadas

Um aplicativo para mapear os tiroteios no Rio de Janeiro

Une application pour cartographier les échanges de tirs à Rio de Janeiro
An application to map the shootings in Rio de Janeiro
Confins

Entrées d’index

Index géographique :

Rio de Janeiro
Haut de page

Texte intégral

1Pouco antes da abertura dos Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro, prevista para o dia 5 de agosto de 2016, uma das principais preocupações dos organizadores e das autoridades brasileiras foram, obviamente, a segurança. Uma inovação cartográfica lançada um pouco mais de um mês antes da abertura deve permitir, pelo menos conhecer a extensão do risco ligado aos constantes tiroteios que ocorrem na cidade. Um novo aplicativo para celular pode ser usado para mapea-los. Fogo Cruzado, lançado dia 5 de julho de 2016 pela Anistia Internacional, conta com a colaboração do público, pelo applicativo é possível informar as ocorrências de tiroteios com feridos, tiroteios sem vítimas e múltiplos tiroteios. Essas informações serão usadas para a criação de relatórios que serão disponibilizados no site www.fogocruzado.org.br.

A gênese do projeto

2A ideia de criar o aplicativo foi da jornalista e especialista em segurança pública Cecília Oliveira. Numa entrevista, Claudio Lima (referências abaixo) lhe fez perguntas que ajudam a entender o projeto

3"- Como surgiu a ideia de criar um app que mapeie a violência da cidade?

4No ano passado busquei informações sobre feridos por bala perdida e incidência de tiroteios na cidade e não encontrei [...] Isso me deu a ideia de começar a contar os tiroteios – acompanhando via imprensa, boletins da PM que estão disponíveis no site e coletivos espalhados pela cidade. Percebi que a realidade era bem maior do que imaginava e procurei a Anistia Internacional para propor o projeto.

5- O app já tem muitas ocorrências registradas. Ele pode ser um auxílio para turistas durante as Olimpíadas?

6- É importante que as pessoas – turistas ou não – saibam que a violência acontece no Rio de forma seletiva. Quem sofre são os moradores de favelas e periferias, geralmente homens jovens e negros que se tornam vítimas fatais da guerra às drogas. [...] A região metropolitana do Rio de Janeiro tem altos índices de violência armada. De acordo com o Mapa da Violência, foram cerca de 3.500 assassinatos por armas de fogo em 2012. Desses, 2.000 foram jovens entre 15 e 29 anos.

7- Qual é a sua percepção sobre a importância de ter acesso às informações como estas?

8- A violência armada gera fortes impactos na rotina dos cidadãos. Suspensão de aulas, fechamento de postos de saúde e bloqueio de vias públicas, geralmente pouco retratados nos debates sobre o problema. Uma ferramenta como o applicativo Fogo Cruzado é mais uma maneira de pressionar as autoridades a adotarem políticas de segurança pública que respeitem os direitos humanos. Com base nos dados gerados pelo aplicativo, vamos solicitar informações complementares às autoridades para melhor compreender os impactos dos tiroteios".

9Por enquanto serão priorizadas algumas regiões para a elaboração do relatório, entre elas Jacarezinho, Manguinhos, Complexo da Maré, Complexo do Alemão, Acari, Cidade de Deus e. Nessas localidades, a Anistia Internacional possui parcerias com outras organizações, que ajudarão a confirmar se as notificações enviadas pelos usuários do aplicativo estão corretas.

10Na primeira semana após o lançamento do aplicativo, foram recebidas mais de 400 notificações enviadas por usuários. Dessas, 265 foram validadas pela Anistia Internacional, 24 apontaram vítimas fatais, 20 indicaram feridos e 51 registraram ocorrência de operação policial.

Como funciona ?

11De acordo com o seu site, o aplicativo vai ajudar a aprofundar o debate sobre segurança pública no Rio de Janeiro, permitindo que a população dos bairros mais afetados pela lógica da Guerra se manifeste de forma concreta e segura. É uma ferramenta para que a população mostre, através do aplicativo, todas as vezes em que é colocada no meio do “Fogo Cruzado”.

12O aplicativo permite que qualquer cidadão compartilhe dados toda vez que presenciar ou ouvir um tiroteio. Ao preencher um formulário simples e seguro, a informação é transformada pelo applicativo em uma notificação em um mapa da região metropolitana do Rio de Janeiro.

Figura 1 O formulario de notificação

Figura 1 O formulario de notificação

13Assim, de forma interativa com a população, os mapas gerados pelo aplicativo podem ser agregados e combinados a informações de outras áreas, tais como a saúde e educação. Nesse processo, vamos obter aos poucos um retrato mais real da violência armada na cidade o que será útil para delinear políticas públicas mais abrangentes e eficazes de enfrentamento ao problema.

14A previsão é de publicar os seguintes dcumentos

  • - Mapa Semanal: Levantamento do número de tiroteios que ocorreram na semana (disponível a partir do dia 13/7).

  • - Mapa Mensal: Levantamento do número de tiroteios que ocorreram no mês (disponível a partir do dia 02/08).

  • - Mapa Trimestral: Levantamento do número de tiroteios que ocorreram no trimestre (disponível a partir do dia 30/09).

15Os mapas trarão informações referentes ao número de tiroteios, se há registros de mortos e feridos e áreas de ocorrências. Nos mapas semanais e trimestrais serão disponibilizadas ainda informações comparativas com períodos anteriores e análises complementares.

16O aplicativo “Fogo Cruzado” está disponível para download gratuito para as plataformas Android e IOS.

Figura 2 Mapa geral dos tiroteios na região metropolitana

Figura 2 Mapa geral dos tiroteios na região metropolitana

Figura 3 Zoom sobre uma área de favelas

Figura 3 Zoom sobre uma área de favelas

Figura 4 Detalhes sobre um tiroteio

Figura 4 Detalhes sobre um tiroteio

Figura 5 Relatório sobre os tiroteios na segunda semana de fucionamento

Figura 5 Relatório sobre os tiroteios na segunda semana de fucionamento

Figura 6 Detalhes do relatório por área

Figura 6 Detalhes do relatório por área
Haut de page

Bibliographie

Filipe Oliveira, "App Fogo Cruzado mapeia tiroteios no Rio e ajuda a contabilizar perdas", 14-7-2016, http://www1.folha.uol.com.br/tec/2016/07/1791334-app-fogo-cruzado-mapeia-tiroteios-no-rio-e-ajuda-a-contabilizar-perdas.shtml

Fernanda Rouvenat, "App registra mais de 250 tiroteios no RJ em 7 dias; média é de 1,5 por hora", 14/7/2016, http://g1.globo.com/rio-de-janeiro/noticia/2016/07/app-registra-mais-de-250-tiroteios-no-rj-em-7-dias-media-e-de-15-por-hora.html

Felipe Payão, "App 'Fogo Cruzado' ajuda morador e turista a fugir de tiroteios no RJ", 5/7/2016, Em Segurança, http://www.tecmundo.com.br/seguranca/106907-app-fogo-cruzado-ajuda-morador-turista-fugir-tiroteios-rj.htm

Claudio Lima, "Entrevistamos uma das criadoras do app Fogo Cruzado", 12/7/2016,

http://www.psafe.com/blog/entrevistamos-uma-das-criadoras-do-app-fogo-cruzado/

Haut de page

Table des illustrations

Titre Figura 1 O formulario de notificação
URL http://confins.revues.org/docannexe/image/10996/img-1.png
Fichier image/png, 60k
Titre Figura 2 Mapa geral dos tiroteios na região metropolitana
URL http://confins.revues.org/docannexe/image/10996/img-2.jpg
Fichier image/jpeg, 592k
Titre Figura 3 Zoom sobre uma área de favelas
URL http://confins.revues.org/docannexe/image/10996/img-3.jpg
Fichier image/jpeg, 864k
Titre Figura 4 Detalhes sobre um tiroteio
URL http://confins.revues.org/docannexe/image/10996/img-4.jpg
Fichier image/jpeg, 516k
Titre Figura 5 Relatório sobre os tiroteios na segunda semana de fucionamento
URL http://confins.revues.org/docannexe/image/10996/img-5.jpg
Fichier image/jpeg, 340k
Titre Figura 6 Detalhes do relatório por área
URL http://confins.revues.org/docannexe/image/10996/img-6.jpg
Fichier image/jpeg, 140k
Haut de page

Pour citer cet article

Référence électronique

Confins, « Um aplicativo para mapear os tiroteios no Rio de Janeiro  », Confins [En ligne], 27 | 2016, mis en ligne le 21 juillet 2016, consulté le 27 juin 2017. URL : http://confins.revues.org/10996 ; DOI : 10.4000/confins.10996

Haut de page

Auteur

Confins

Articles du même auteur

Haut de page

Droits d’auteur

Licence Creative Commons
Confins – Revue franco-brésilienne de géographie est mis à disposition selon les termes de la licence Creative Commons Attribution - Pas d’Utilisation Commerciale - Partage dans les Mêmes Conditions 4.0 International.

Haut de page
  • Logo Revue soutenue par l’Institut des sciences humaines et sociales du CNRS
  • Logo DOAJ - Directory of Open Access Journals
  • Logo Index Latindex
  • Logo IHEAL (Institut des Hautes Études de l'Amérique Latine)
  • Logo CREDA (Centre de recherche et de Documentation sur les Amériques)
  • Logo USP (Universidade de São Paulo)
  • Revues.org