Navigation – Plan du site

Normas para publicação

Recommandations aux auteurs

Normas

A revista eletrônica Confins recebe textos de autores convidados e também de autores que, por sua própria iniciativa, apresentam trabalhos para avaliação. Podem em ser propostos artigos, resenhas, posições de pesquisa, mapas e imagens comentados.

Todos os textos conformes às normas são encaminhados a três avaliadores, de duas nacionalidades diferentes, para análise e apreciação de mérito. Um parecer sintético será transmitido aos autores, que terão um mês para implementar as recomendações do Comitê.

É desejável que o texto dos artigos esteja de aproximadamente 30.000 caracteres (com espaços). Os textos que representam um volume superior à 50.0000 caracteres serão retornados ao seu autor sem exame pelo Comitê de leitura.

Os projetos de artigos devem ser submetidos por via eletrônica no endereço seguinte: http://manuscrits.revues.org/index.php/confins/user/register. Pode ser feito em português ou francês, a primeira linha do formulário permite escolher o idioma. Ao seguir este procedimento os autores indicam titulação, função, instituição e endereço eletrônico e dão a autorização de publicar os textos após avaliação e correções.

Os artigos devem ser acompanhados de um resumo (1.000 a 2.000 caracteres) em francês, português e inglês (para facilitar a indexação nas bases de dados bibliográficas, das quais as principais são anglófonas), de três a cinco palavras-chave temáticas e uma geográfica (localização) em francês (mots-clés), português (palavras chave) e inglês (keywords). O título deve também ser-lhe traduzido nos mesmos idiomas.

As ilustrações devem ser mandadas na sua forma definitiva, preferivelmente no formato .ai, ou, se não for possível, em formato .png ou .jpeg em alta resolução (300 dpi). Devem ser anunciadas no texto e numeradas com a ordem em que aparecem (exemplo: imagem 1, mapa 1, imagem 2, gráfico 1).

Os quadros e tabelas devem ser enviados no corpo do texto e numerados de acordo com a ordem em que aparecem, seguidos do título. Exemplo: Quadro 1 – Participação de mulheres na política; Quadro 2 – Distribuição dos votos por setor censitário.

Quando necessárias, as notas devem se restringir a breves comentários explicativos e estar inseridas em nota de rodapé de fim de página.

Citações com até três linhas devem constar do texto principal, destacadas por aspas duplas. As citações com mais de três linhas entram em destaque, com margens recuadas e em corpo menor.

As referências bibliográficas devem ser mencionadas no texto, entre parênteses, com apenas as indicações de nome do autor e a data de publicação, eventualmente da paginação no caso de uma citação (Exemplo: Le Goff, 1980, p. 134).

Estas referências serão incluídas na bibliografia de fim de artigo, que deve ser completo, na ordem alfabética dos autores (menção et alii a partir de cinco autores). Ver os exemplos abaixo (norma ABNT)

Assegurando a Avaliação Cega por Pares

Para assegurar a integridade da avaliação por pares cega, para submissões à revista, deve-se tomar todos os cuidados possíveis para não revelar a identidade de autores e avaliadores durante o processo. Isto exige que autores, editores e avaliadores (passíveis de enviar documentos para o sistema, como parte do processo de avaliação) tomem algumas precauções com o texto e as propriedades do documento:

  1. Os autores do documento excluirão do texto nomes, substituindo com "Autor" e o ano em referências e notas de rodapé, em vez de nomes de autores, título do artigo, etc.

  2. Em documentos do Microsoft Office, a identificação do autor deve ser removida das propriedades do documento (no menu Arquivo > Propriedades), iniciando em Arquivo, no menu principal, e clicando na sequência: Arquivo > Salvar como... > Ferramentas (ou Opções no Mac) > Opções de segurança... > Remover informações pessoais do arquivo ao salvar > OK > Salvar.

Nos PDFs, os nomes dos autores também devem ser removidos das Propriedades do Documento, em Arquivo no menu principal do Adobe Acrobat

Normas bibliográficas

Livros

Brunet R., Ferras R., Théry H. Les Mots de la géographie. Dictionnaire critique. Paris/Montpellier, La Documentation Française/RECLUS, coll. « Dynamiques du territoire », 520 p., 1993.

Capítulos de livros

Nazo, G. N. e Mukai, T. « O direito ambiental no Brasil: evolução histórica e a relevância do direito internacional do meio ambiente”. In: Ribeiro, Wagner. (Org.) Patrimônio Ambiental Brasileiro. São Paulo: Edusp/Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2003. pp. 91-124.

Artigos em periódicos

Silva, A. C. da. « A concepção clássica da Geografia  Política ». Revista do Departamento de Geografia, São Paulo, n.3, p. 103-107, 1984.

Teses e dissertações

Ziglio, L. A Convenção de Basiléia e o destino dos resíduos industriais no Brasil. São Paulo, 2005. Dissertação de mestrado (Mestrado em Geografia Humana) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo.

Congressos

Cedro, P. E. « El caso del Mercosur ». In: Congresso Europeo de Latinoamericanistas, 1, Salamanca, 1997.

Artigos de jornal

Gullar, F. « Pesadelos ». Folha de S.Paulo, São Paulo, 21.5.2006. p. E14.

Fontes eletrônicas

Barros, M. V., Barros, O., Mello, N. A. De, Théry, H., « Londrina, de la ville pionnière à la maturité », M@ppemonde, N° 73 (1-2004), <http://mappemonde.mgm.fr/num1/articles/art04106>

indicar data de acesso / indiquer la date d’accès.

  • Logo DOAJ - Directory of Open Access Journals
  • Revues.org