Navegação – Mapa do site
Homenagem

Antonio Teixeira Guerra

Antonio Jose Teixeira Guerra

Texto integral

1Antônio Teixeira Guerra foi um grande geógrafo, que viveu apenas 44 anos, teve uma vida curta, mas coroada de muito trabalho e dedicação à pesquisa, ao ensino e à extensão. Guerra, como era conhecido, escreveu vários livros e dezenas de artigos científicos, além de ter ministrado muitas disciplinas e proferido centenas de palestras. Participou de muitos congressos e esteve à frente de centenas de trabalhos de campo, no Brasil e no exterior.

2Ele nasceu no dia 9 de setembro de 1924, na cidade do Rio de Janeiro. Fez o seu curso secundário no Colégio Independência, entre 1936 e 1940. Entrou para a Faculdade de Filosofia, da Universidade do Brasil (atual UFRJ), em 1942, onde se licenciou em Geografia e História, em 1945. Nesse mesmo ano, entrou para o IBGE, então Conselho Nacional de Geografia. Em 1947 ganhou uma bolsa de estudos e foi para a França, onde fez vários cursos de especialização em Geografia, na Universidade de Paris, até o ano de 1949. Nesse ano foi convidado para estagiar no Instituto Frances da África, tendo percorrido o oeste africano e o sul do deserto do Saara, até a então Guiné Portuguesa. Voltou para o Brasil em 1949, onde se reintegrou ao Conselho Nacional de Geografia. A partir daí, lecionou na Universidade Federal Fluminense, na então Universidade do Estado da Guanabara (hoje UERJ) e na Universidade Federal do Rio de Janeiro.

3Em novembro de 1967 defendeu sua tese de Livre Docente, na então Universidade do Estado da Guanabara, tendo sido aprovado brilhantemente, com a tese intitulada “A Geografia e a Conservação dos Recursos Naturais do Brasil”.

4A contribuição profissional de Antonio Teixeira Guerra foi pontuada pela publicação de diversos livros e artigos em periódicos nacionais e internacionais, bem como pela formação de centenas de alunos, nas Universidades onde trabalhou e no IBGE, onde foi Diretor da Divisão Cultural. Sem dúvida nenhuma, sua mais consagrada obra é o Dicionário Geológico-Geomorfológico, publicado pelo IBGE. Em 1994 a Editora Bertrand Brasil publicou, com o título de Novo Dicionário Geológico-Geomorfológico; a obra atualizada por mim, seu filho, que seguiu a mesma carreira do pai. Hoje o Dicionário já está em sua 10ª edição, sendo usada em cursos de Geografia, Geologia, Biologia, Ecologia, Engenharia e várias outras carreiras afins.

5Alguns trabalhos podem ser lidos na Coletânea de Textos Geográficos, livro organizado por mim em sua homenagem, dada a importância e contribuição na área de Geografia Física, em particular à Geomorfologia.

6Aproveito esse espaço aberto pela Revista Confins, para divulgar algumas fotos desses momentos vividos por meu pai ao longo da sua carreira.

Topo da página

Para citar este artigo

Referência electrónica

Antonio Jose Teixeira Guerra, « Antonio Teixeira Guerra », Confins [Online], 16 | 2012, posto online em 20 Novembro 2012, Consultado o 24 Abril 2014. URL : http://confins.revues.org/7912 ; DOI : 10.4000/confins.7912

Topo da página

Autor

Antonio Jose Teixeira Guerra

Professor Titular do Departamento de Geografia da UFRJ e Coordenador do LAGESOLOS (Laboratório de Geomorfologia Ambiental e Degradação dos Solos), antoniotguerra@gmail.com

Topo da página

Direitos de autor

© Confins

Topo da página